Close

Quais países estão com fronteira aberta?

Posso acompanhar a evolução da abertura das fronteira?

O site kayak.com preparou um conteúdo fantástico, onde você pode acompanhar em tempo real a reabertura de cada país. CLIQUE AQUI e confira.

Estamos vendo o mundo inteiro ainda fechado, em sua maioria as restrições continuam e acreditamos que serão liberadas de forma bem gradual e lenta. Planejar uma viagem para fora do Brasil ainda este ano é praticamente impossível, a não ser que os motivos sejam: saúde, educação ou alguma emergência.

Coronavírus: proibições e restrições de viagem

Recomendações do governo em relação ao Covid-19

Confira medidas gerais de prevenção contra o coronavírus destacadas pelo Ministério da Saúde e a Anvisa:

  • Avalie a necessidade real da viagem e adie, se possível. Se for inevitável, previna-se e siga as orientações das autoridades de saúde locais;
  • Use máscara em locais públicos;
  • Lave as mãos com sabão e água e use álcool em gel quando não há água corrente, nem sabão;
  • Evite tocar olhos, nariz e boca;
  • Cubra o nariz e boca ao espirrar ou tossir;
  • Evite aglomerações;
  • Mantenha os ambientes bem ventilados;
  • Não compartilhe objetos pessoais.

Dessa forma, se você esteve recentemente em viagem ao exterior, a indicação é ficar em isolamento domiciliar por no mínimo 7 dias, a partir da data do desembarque, mesmo que você não apresente sintomas do novo coronavírus.

O Ministério da Saúde também recomenda que, se você estiver com sintomas de gripe, fique em casa por 14 dias e siga as orientações para o isolamento domiciliar. A indicação é que você só procure um hospital se estiver com falta de ar.

Para mais informações e orientações sobre o coronavírus, ligue para o número 136 e fale com o Disque Saúde. O número funciona em qualquer região do Brasil.

Quando vamos voltar a viajar?

A principio, só poderemos viajar com segurança depois que órgãos nacionais e internacionais, como o Ministério da Saúde, a Organização Mundial da Saúde (OMS) e o Centers for Disease Control and Prevention (CDC) dos Estados Unidos indicarem que é seguro fazê-lo.

Antes disso acontecer, outros fatores vão fazer com que as pessoas se sintam seguras de novo, como o fim das quarentenas, a diminuição significativa ou total dos casos de coronavírus e a reabertura paulatina e cuidadosa de atrações turísticas. Porém, é imprescindível esperar que os órgãos de saúde, que são a autoridade no assunto, deem a palavra final. Todo o resto é ansiedade e especulação.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Olá, estamos online!
Enviar
PHP Code Snippets Powered By : XYZScripts.com