Close

Cinco passeios gratuitos em Buenos Aires na Argentina

Antes de mais nada, é importante dizer que Buenos Aires, na Argentina, é um destino querido dos brasileiros e, por isso, nesse post vamos indicar alguma das opções de passeios gratuitos que a cidade oferece. Para economizar, o viajante pode optar por se hospedar em hotéis do Centro da cidade, ou comprar um dos pacotes com data flexível da Hurb, como o Pacote Buenos Aires – 2021. Outra dica é priorizar o metrô e o ônibus como meios de transporte. Como a cidade é plana, é possível visitar muitos pontos turísticos a pé.

Veja algumas das principais opções de passeios gratuitos:

Puerto Madero

Puerto Madero é uma área restaurada do cais. Nos edifícios de tijolos vermelhos reformados há churrascarias sofisticadas conhecidas entre os turistas, além de almoços de negócios.

Os arranha-céus sofisticados abrigam corporações multinacionais e apartamentos de alto padrão. Trilhas circulam os diversos lagos da Reserva Ecológica Costanera Sur com vida selvagem abundante que atrai famílias e atletas. A Puente de la Mujer é uma ponte suspensa graciosa que atravessa o cais.

Praça de Maio

A Praça de Maio é a principal praça do centro da cidade de Buenos Aires, Argentina. A Praça sempre foi o centro da vida política de Buenos Aires, desde a época colonial até a atualidade.

Seu nome comemora a Revolução de Maio de 1810, que iniciou o processo de independência das colônias da região do sul da América do Sul. É nela onde a Casa Rosada esta localizada.

Caminito

Caminito é uma rua-museu e um logradouro tradicional, de grande valor cultural e turístico, localizado no bairro de La Boca, na Cidade de Buenos Aires, Argentina.

O lugar adquiriu significado cultural devido a ter inspirado a música do famoso tango Caminito, composta por Juan de Dios Filiberto. Ao contrário, a letra do conhecido tango, escrita por Gabino Coria Peñaloza, está inspirada num caminho da localidade de Olta, na província de La Rioja.

Por esta razão e em homenagem a Coria Peñaloza, em 1971 uma rua da localidade de Chilecito recebeu também o nome de “Caminito”.

Avenida 9 de Julho

A Avenida 9 de Julho é uma das principais vias de tráfego de Buenos Aires, capital da Argentina. É conhecida por nela se encontrar o Obelisco, além de ser aclamada como uma das avenidas mais largas do mundo.

Seu nome provém de uma homenagem feita a 9 de julho de 1816, sendo este o dia da Declaração da Independência da Argentina.

Em sua interseção com a Avenida Corrientes está a Praça da República, onde se encontra o Obelisco, monumento histórico que recorda o local no qual a bandeira nacional foi içada pela primeira vez na cidade de Buenos Aires, em 1812.

O famoso Teatro Colón também encontra-se nesta avenida, no bairro de San Nicolás, em um ponto seccionado com as ruas Liberdade, Arturo Toscanini e Tucumán. Sob grande parte de sua disposição corre a Linha C do metrô de Buenos Aires.

Cemitério da Recoleta

Atualmente os jardins que rodeiam o cemitério constituem uma área de lazer muito popular entre os portenhos, ademais, o distrito da Recoleta é um dos mais nobres da capital argentina.

Conhecido por ser um dos cemitérios mais visitados do mundo, ao lado do parisiense Pere-Lachaise, este local é um dos principais pontos turísticos de Buenos Aires. Ganhou fama devido ao luxo das lápides e da ostentação dos túmulos, retrato do bom momento econômico vivido pela Argentina no início do século XIX. Atualmente acontecem poucos enterros no local devido ao pouco espaço livre disponível e o alto preço do terreno.

PRECISA DE AJUDA?

Por fim, se você precisa da ajuda de uma agência de turismo de confiança e quer conversar com a gente para tirar alguma dúvida CLIQUE AQUI e entre em contato conosco ou nos envie uma mensagem no WHATSAPP. Será um prazer poder auxilia-lo (a) nessa decisão.

CLIQUE AQUI e confira outros pacotes disponíveis.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Olá, estamos online!
Enviar
PHP Code Snippets Powered By : XYZScripts.com